Em algum momento da vida o seu cão pode acabar adquirindo vermes. Mas é durante a fase de filhote que essas infestações ocorrem com maior frequência. Geralmente os veterinários prescrevem vermífugos. Mas caso você tenha interesse em fazer uso de algo natural para combater os vermes em seu cão, veja neste artigo como fazer e qual o grau de sua eficiência do vermífugo caseiro.

Quais tipos de verme que o vermífugo caseiro combate:
– Lobrigas,
– Tênias,
– Ancilostomídeos,
– tricurídeos.

Esses são os tipos de parasitas intestinais encontrados nos cães e nos animais em geral. Andes de iniciar o tratamento é importante saber qual tipo de verme está assolando o seu cão. Por isso, pegue uma amostra das fezes do seu cão e leve a clínica veterinária para exame laboratorial.

Quais os benefícios em usar o vermífugo caseiro?
O vermífugo caseiro não é tóxico, ao contrário dos que são comercializados nas clínicas veterinárias. Já que para matar os parasitas em seu cão eles utilizam um veneno ao cachorro para matar os parasitas e vermes que estão dentro do animal. Já o medicamento caseiro, quando administrado de forma correta irá funcionar perfeitamente e não trará qualquer malefício ao seu cão.

Vermífugos caseiros mais comuns:
Existe várias maneiras de combater os parasitas e vermes nos cães, os vermífugos caseiros mais comuns são:
Sementes de Abóbora: Você deve moer ainda fresca as sementes da abóbora e dar ao seu cão em jejum.
Vitamina A: Dê ao seu cão ainda em jejum uma colher de óleo de fígado de bacalhau  que é uma ótima fonte de vitamina A.

Como os parasitas se alimentam de nutrientes, a falta desses alimentos irão enfraquecê-los e  elimina-los.

Como manter o cão livre de vermes?
Para manter o seu cão livre de vermes é preciso que o sistema imunológico dele esteja saudável. Se você observar que o pelo do seu cão está caindo de mais e está sem brilho, os seus olhos estiverem pálidos ou tendo com frequência vômitos ou diarreia, provavelmente ele pode estar com vermes. Pois esses parasitas sobrevivem dos nutrientes que estão presente no alimento do seu cão, podendo deixar o cão desanimado ou sem energia. Por isso, mantenha uma dieta nutritiva para o seu cão e evite alimentos que possuem gordura ou açucares, ofereça petiscos como legumes, frutas e grãos ao seu cão.

*** Obs: Antes de iniciar o tratamento é muito importante saber qual verme está instalado no organismo do seu cão. Pois existem diferentes medicamentos para cada tipo de parasita.