Uma coisa que deixa qualquer tutor de um cachorro preocupado é se ele está sentido dor. No entanto, existem algumas dicas que ajudam a descobrir se de fato o seu cão está realmente sentindo dor ou não. Confira a seguir, sete manifestações mais comuns para identificar se seu cão está sentindo dor.

  1. Falta de apetite: Um dos primeiros sintomas de que algo não vai bem com seu cão é quando ele não quer comer, por está se sentindo mal, por está doente ou ferido. Se você observou que seu cão comeu no dia anterior direitinho, mas no dia seguinte se recusa a comer por mais que você insista, esse pode ser um sintoma de dor. Por exemplo, o cão que já sofreu de uma gastroenterite, pode sofrer novamente com o problema e por sentir dor possa está evitando se alimentar.
  2. Mancar: Se o seu cão é mais velhinho você pode observar que ele pode mancar por sofrer com artrite, problemas que danificaram ligamentos ou uma lesão na coluna ou uma rigidez do pescoço que leve o seu cão a mancar. Caso você perceba que ele esteja andando com dificuldade é porque está sentindo bastante dor.
  3. Mudança de comportamento: Quando cães sentem muita dor podem se tornar agressivos. Geralmente acabam rosnando ou até mesmo morde quando alguém se aproxima dele. Já outros cães podem ter uma atitude contrária e ficarem deprimidos quando sente a dor, dormem mais que o normal e se escondem, acabam evitando brincar ou não desejando passear.
  4. Respiração ofegante: Boa parte dos cães estão sempre animados, mas caso você observe seu cão com aspecto de cansado e comece a ficar ofegante sem nenhum motivo aparente, provavelmente ele deve está sentindo alguma dor.
  5. Andar com a cauda entre as pernas: Muitas vezes esse comportamento representa o medo que o cão possa está sentindo, mas a cauda para baixo das pernas por um longo período pode também ser um indicativo que seu cão está sentindo dor em alguma região da coluna.
  6. Babar de forma excessiva: Caso você observe que seu cão esteja babando muito, esse é um sintoma de náuseas ou dor no estômago. Como essa condição é muito delicada o mais indicado é você levar o seu cão ao veterinário para averiguar o problema.
  7. lamber excessivamente: Caso você venha observando que seu cão esteja de lambando ou mordendo determinada região de forma constante, deve ser um indicativo de dor. Pode ser inúmeras causas, como uma ferida aberta, almofada dos dedos machucada, unha quebrada ou mesmo um tumor que esteja sob a pele.