A temperatura normal do cão pode variar entre 38,5°C a 39,5°C e podemos definir como febre quando ela a atinge a 39,7°C.

Como a causa da febre nem sempre é fácil de diagnosticar. Quando a temperatura corporal de um cão permanece elevada por um longo período de dias sem nenhuma causa óbvia, ela é denominada como febre de origem desconhecida. Caso contrário, a febre pode ser uma resposta do sistema imunológico contra uma ameaça bacteriana ou viral.

De modo geral, a febre não é considerada uma doença em si, mas uma resposta do corpo contra a doença. É importante lembrar que a febre pode ser benéfica ao cão doente, já que ela reduz de forma eficiente a proliferação das bactérias e acelera a resposta do sistema imunitário do corpo. No entanto, caso a febre esteja muito alta ou já está ocorrendo a um longo período de tempo será necessário um tratamento mais adequado, e por isso, consultar o veterinário é fundamental.

Principais sintomas da febre em cães:
– Alta temperatura do corpo;
– Fraqueza;
– Tremendo;
​​- Desidratação;
– Diminuição do apetite;
– O aumento da frequência respiratória;
– Aumento da frequência cardíaca;
– O cão pode entrar em estado de choque.

Principais causas da febre em cães:
– Tumores;
– Doenças endócrinas;
– Doenças metabólicas;
– Condições inflamatórias variado;
– Anemia hemolítica imunomediada;
– Infecções (mais comumente, bacterianas, virais, parasitas e outros microorganismos);

Em alguns casos a causa exata da febre não pode ser detectada, por exemplo, na febre de origem desconhecida.