Se você passasse toda sua vida sem escovar os dentes ou passar o fio dental, seria bem provável que teria mau hálito, né verdade? Pois bem, isso ocorre com muitos cães quando os seus donos não cuidam da saúde dos seus dentes. Sendo que existe uma boa notícia para esse problema canino. Veja a seguir em nosso artigo como resolver esse probleminha.

Quais são as causas do mal hálito nos cães?

Má higiene bucal: O mau hálito ou halitose ocorre quando as bactérias se acumulam no resto de comida deixando entre os dentes do seu cão, que acabam liberando alguns compostos de enxofre que produz um odor bastante desagradável.

Maus hábitos alimentares: Alguns alimentos acabam deixando resíduos entre os dentes dos cães, geralmente alimentos com uma consistência mais mole ou comida enlatada acaba deixando mal hálito em seu cão.

Doenças: Algumas doenças podem também deixar o hálito do seu cão bastante desagradável, esses podem ser uma infecção na gengiva ou até mesmo um problema de insuficiência renal, diabetes, oclusão intestinal, entre outros.

Todos os cães têm mau hálito?
Não.  Pois os cães que possuem uma higiene bucal, uma alimentação adequada e uma saúde geral  boa, geralmente não sofrem com halitose.

Como combater o mau hálito do cão?

Escovação diária: Essa é a maneira mais eficaz para combater o mau hálito do cão, sendo que o grande problema é que boa parte dos cães não permite a escovação. Em alguns casos chega até ser impossível realizar a escovação.

Fitodent Palitos: É um produtinho palatável que é encontrado facilmente em pet shops. Ele é fiotterápico e indicado para auxiliar na higienização dos dentes dos cães. Ele ajuda a diminuir o acúmulo de cálculos nos dentes e prevenindo o mau hálito.

Remoção dos tártaros: Depois de uma certa idade, você deve levar o seu cão para realizar o procedimento de remoção dos tártaros. Neste caso, converse com seu veterinário para mais orientações sobre o procedimento e quando deve ser realizado.

Alimentos de qualidade e altamente digerível: O seu cão precisa de uma dieta de qualidade e que seja equilibrada para evitar problemas gastrointestinais e o desenvolvimento de doenças que estejam associadas ao mal hálito. ser associados com mau hálito.

Com essas dicas será mais fácil manter o hálito do seu cão agradável e livre de qualquer outros problemas que comprometa a sua saúde.