Carrapato é um problema muito sério e merece muita atenção do tutor ou proprietário de um cachorro. O carrapato além de incomodar o seu cachorro sugando seu sangue, causando coceira e feridas pode também transmitir doenças. já falamos sobre algumas delas, que você pode conferir clicando nelas – a Erliquios e Bebesia.

Mais o tópico de hoje é onde o cachorro pega o carrapato?
Geralmente o cachorro pega carrapato na rua em seu passeio diário, locais onde tem a presença de muitos outros cães se tornam um ambiente bastante propicio para a disseminação do carrapato, geralmente eles ficam em gramados e árvores baixas, quando o seu cachorro toca em algum destes lugares a possibilidade de um carrapato ficar agarrado ao pelo de seu cachorro é muito grande.

Mais meu cachorro não anda na rua e mesmo assim pegou carrapato
Se seu cachorro não tem o costume de passear pelas ruas ou parques, o perigo pode esta dentro de sua casa ou apartamento. Então, verifique se na sua vizinhança existe a presença de outros cachorros,pois o carrapato pode muito facilmente entra em sua casa sem ser convidado. Se caso você tenha problemas com carrapato dentro de casa é necessário fazer uma limpeza com produtos específicos para matar o carrapato, esses produtos são vendidos em lojas veterinárias e pet shops.

Outro lugar que é bastante perigoso para seu cachorro é a própria clinica veterinária ou pet shop, imagine a quantidade de animais que circulam por este ambiente, às vezes uma simples visita ao pet shop, seja para uma consulta ou até mesmo para um banho e tosa pode ser bastante perigosa.

Meu cachorro esta com carrapato o que devo fazer?
como o cachorro pega carrapato
Se você encontrou um carrapato em seu cachorro é muito importante você queimar o carrapato, nunca esprema ele com a unha, pois isso, pode levar a multiplicação dos carrapatos através dos ovos que são liberados no momento em que você esmaga o parasita.

Hoje em dia existem muitos produtos que repelem e deixam o seu cachorro livre do carrapato, entre eles estão às coleiras repelentes, sprays, talcos e ate remédios via oral a exemplo do Bravecto, que já falamos sobre ele e você pode conferir mais sobre ele clicando aqui.