Morder o próprio rabo é um hábito mais comum do que se imagina, muitos cachorros apresentam este comportamento em qualquer fase de sua vida, os filhotes fazem por curiosidade, os mais velhos por tédio ou disfunções orgânicas, então, preparamos para você alguns dos principais motivos que levam a essa perseguição implacável entre seu cachorro e sua cauda.

Confira a seguir, os 6 principais motivos que estão levando ao seu cachorro perseguir ou morder o próprio rabo!

  1. A presença de parasitas como carrapatos e pulgas pode levar o seu cachorro a morder o seu próprio rabo;
  2. Irritação nas glândulas anais também podem levar a este comportamento;
  3. Compulsão: esse é um dos casos um pouco mais raro, mas que não pode ser descartado, muitos cachorros ficam obcecados pela sua cauda causando uma compulsão terrível, nestes casos a compulsão pode ser tão grande que o seu cachorro pode chegar a ferir o próprio rabo, em casos assim mais complicados e indicado que o seu cão seja levado a um veterinário onde será administrada doses de calmante.
  4. Genética: Algumas raças estão mais propensas a perseguir o próprio rabo, entre eles estão os cães de gado Australiano, Bull Terrier e o Pastor Alemão. Estas raças tem uma herança genética que os leva a apresentar este tipo de comportamento.
  5. Confinamento: Muitos cachorros passam o dia em locais fechados, pequenos e sem companhia, isso gera um tédio enorme nos pets e para se distrair e deixar a frustração fluir o cachorro começa a apresentar este sintoma de morder a cauda. Neste caso o comportamento e observado em cachorros mais velhos mais também podem surgir nos filhotes.
  6. Curiosidade: Nos filhotes este fato ocorre mais por uma questão de curiosidade e quando o seu corpo ainda esta em desenvolvimento, neste caso podemos considerar como um fato normal que e quando o filhote de cachorro esta conhecendo e descobrindo o seu corpo. As mordidas devem parar com o crescimento do filhote.

Como resolver o problema do cachorro que morde o rabo?

Como citamos anteriormente existe uma série de fatores que podem levar ao seu cachorro ter este comportamento, a maioria deles esta ligada ao tédio ou a falta de exercícios, então, leve seu cachorro para passear sempre, o distraía com brinquedos e de bastante atenção a ele. Caso o problema seja mais sério é precise de um acompanhamento especializado não deixe de levar o seu cachorro a um veterinário de confiança.