O latido é um tipo de comunicação vocal que os cães utilizam, ela pode significar diversas coisas e pode ocorre em várias situações. Confira a seguir, alguns motivos que podem levar o seu cachorro a latir de forma excessiva:

Afinal, por que os cachorros latem?

Territorial e Protetora: Quando um animal ou uma pessoa entra na área em que seu cães considera seu território, pode latir de forma excessiva. À medida que a ameaça fica mais perto, os latidos vão se tornando mais alto e o número de latidos aumenta. Nesse momento o seu cão estará totalmente alterado e pode ser até agressivo durante os latidos.

Alarme: Alguns cães latem ao perceber algum ruído ou de um objeto que chama a sua atenção e o assusta. Isso pode ocorrer em qualquer lugar, não apenas em seu território.

Tédio e Solidão: Quando os cães são deixados sozinhos por longos períodos, dentro de casa ou no quintal, podem ficar aborrecidos ou tristes, por isso, acabam muitas vezes latinhos, pois estão se sentindo infelizes.

Saudações e alegria: Os cães por muitas vezes podem latir para cumprimentar as pessoas ou outros animais. Nesse momento eles estão felizes e os latidos podem ser acompanhados com balançar da cauda e às vezes pulando.

Busca por atenção: Os cães podem latir para chamar a sua atenção, pois estão querendo alguma coisa, como brincar, passear, comer ou até mesmo quando querem carinho.

Ansiedade da Separação: Os cães que sofre de ansiedade com a separação, muitas vezes acabam latindo de forma excessiva quando são deixados sozinhos. Eles também apresentam outros sintomas como depressão, atividade destrutiva e inquietação. Eles costumam latir de forma excessiva apenas para ouvir o som da sua voz e ele também costuma fazer movimentos repetitivos, como correr em círculos ou de um lado para o outro.